Homens loucos II

Homens-loucos– Como eu poderia melhor participar da tua vida?

Ao ouvir esta frase, meus olhos se agigantaram ainda mais. E teriam sorrido, se não fossem as frases subsequentes que demonstraram o arrependimento imediato da pergunta proferida. Rolou um papo de caminhos distintos e incomunicáveis. Logo, se é certo que vamos para rumos opostos, sinceramente não entendi a pergunta. O que esperava ele ouvir de mim? “Depois as mulheres é que são complicadas”, pensei. Como um homem, por um lado nitidamente querendo estar do meu lado, pode temer isto? Talvez pelo trauma, soube depois, da mulher que o abandonou porque ele não estava preparado para ter filhos. Tinha uma obsessão com a probabilidade de ter filhos, a ponto de imaginar que, como eu estava perto dos trinta, em breve este desejo despertaria… Mas o cara era louco. O receio era tanto que ele chegou a me contar – pasmem, meninas! – que não joga a camisinha na lixeira comum do banheiro ao transar com alguma mulher: ele enfia no vaso e puxa a descarga, pensando que a menina pode ir ali e “resgatar” a tão almejada porra dele para fazer um filho… Vê se pode!

Esta é uma série de textos curtos sobre coisas absurdas de homens absurdos que nos aparecem. Fatos que já nos fizeram chorar e que hoje rendem boas risadas! Contribuições são bem-vindas: todas estão convidadas!

 

Foto: Scott Adams/Stock.xchng

12 Responses

  • Esse cara é rico por acaso pra pensar que todas querem dar o golpe da barriga nele?

  • Não… mas pensa que é!

  • eu ja ouvi uma historia assim de camisinha viu!
    HAUHAUAHUAH
    o cara além de louco é burro ne, ñ sabe q seg dpois de estar fora do corpo os “bichinhos” morrem? ¬¬
    HAUHAUHA
    depois dizem q mulher q é um bicho complicado.. homem na sua simplicidade de pensar consegue ser mto mais complicado

  • SE ELE FEZ ISSO, é porque ele sabe com quem ele está lidando. Geralmente se faz isso, quando se fica com mulheres fáceis… de vida muito fácil, tipo aquelas que dão no primeiro encontro e, certamente, já passaram dos 30. É fácil perceber em uma mulher quando o desespero bate a porta, né Fe.

  • Já que fui “intimada” a me manifestar, peço licença à redatora para responder o comentário acima.

    Querido anônimo, nenhuma mulher do grupo está desesperada como imaginas. E quem nos conhece, exceto loucos como o referenciado no texto, sabe que não somos o tipo de mulher que aplicaria um golpe baixo desses. Jamais! E já que insiste, admito que temos um pouco de desespero, sim, mas para manter homens como tu bem longe de nós.

    OBS.: Sempre tem um louco pior para defender a espécie, não?

    Um abraço da Fê

  • o anônimo sinistro confunde desespero por procriar com autonomia da vida sexual.
    que ótimo transar no primeiro encontro!
    já fiz dessas de dispensar condom da privada.
    à época estava mal acompanhado.
    e além do mais, sexo sem amizade poderia virar um bom negócio pra ela.

  • AHUhauHAUHuahuHA ai .. tme homeme q é doido varrido msmo .. e mulher q é complicada viu¬¬

  • pra mim este sujeito não é bem um HOMEM

  • se esse “não é bem um HOMEM” pra ti, fica tranquilo.
    vai chegar o dia em que encontrarás o rapaz certo..

  • Loucura? Todos temos. Mas o gostosão detrás do vidro suado do banheiro com cara de louco ali da fotinho desse pouste EU queria para mim. Louco de desatar entre quatro parades. Ufff!

  • Gilkaaaaa!
    Não viu o defeitinho no dedo dele?
    hehehehehe

  • O que é aquilo? Aliança de noivado? Noivado foi extinto em 1977. Esposa? Também já tive marido. E era bem louco. Ou, será aquilo uma aliança de prata comprada no Mixbazar? Ele é gay?

Sua opinião é de quinta...